Contra a disputa, a regularização

O Governo do Estado do Pará buscará apoio do Ministério das Cidades para solucionar o “grave problema fundiário” de alguns municípios daquele Estado.

O aspecto importante, que merece destaque na nota do Governo do Pará, é a clara antevisão de que a regularização fundiária ocorre em áreas onde a disputa pela posse da terra é considerada crítica.

De fato, onde não há assinalação de direitos de propriedade (domínio, uso, locação social etc.) impera a violência e disputas que podem levar a conflitos graves. Justamente aqui, muito além da intervenção na urbe e demais medidas tendentes e resolver o problema da ocupação e dos espaços públicos e privados, é mais do que nunca necessário que se defina a situação jurídica dos ocupantes. A que título constinuarão nessas áreas?
Aqui podem vir em socorro da situação várias instituições jurídicas, dentre as quais se destaca o registro imobiliário, com sua função essencial de assinalação de direitos e publicidade das situações jurídicas.

Afinal, onde há transparência e clara sinalização dos direitos, as demais instituições políticas e sociais podem com maior desenvoltura e segurança atuar para garantir a efetiva posse, evitando-se conflitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s